curso preparatório para SAT ACT matemática
sobre Teste SAT Math Part 4 e curso preparatório para SAT matemática
novembro 26, 2019
preparatorio PTE e IELTS 7
sobre diferenças entre testes PTE e IELTS – parte 1
dezembro 9, 2019
Show all

Inglês para advogados

inglês jurídico para advogados e juizes 2

Inglês para advogados

Você que já é formado, que já se graduou em direito, teve toda a dor de cabeça da prova para ter a tão sonhada inscrição na OAB e depois disso nunca mais teve tempo nem cabeça para estudar?

Foi pensando em você que desenvolvemos o curso de inglês para advogados aqui da academia de inglês.

Pense na seguinte ocasião: chega um cliente até você, um cliente americano que está de passagem ou residindo no brasil por pouco tempo. Ao chegar ao seu escritório e relatar o motivo aparente de sua presença, começa a falar inglês. Como reagir? O que fazer? Além disso, pense nas conexões internacionais que você pode estar perdendo por se limitar apenas ao português. Não acha que está na hora de se especializar na língua moderna e mais falada do mundo?

Nossas aulas são focadas em atender de forma individualizada para chegar na necessidade de cada aluno e sanar todas as dúvidas para que não ocorra erros de expressões ou de vocabulário.

 

Vantagens para o advogado que fala inglês

No direito empresarial: as empresas multinacionais geralmente optam por trazer funcionários do exterior e se instalar no Brasil. Assim, precisam estar atentas às leis que regem o país, e o advogado que for consultado, se dominar bem o inglês, vai fazer uma bom trabalho ao explicar o sistema jurídico, sendo claro nas explicações, nas reuniões e na elaboração de cláusulas contratuais.

No direito ambiental: as conexões multinacionais abrangem demais a área ambiental. Temos o greenpeace por exemplo, uma causa mundialmente conhecida e respeitada. Assim, para o advogado que quer se manter atualizado seja aqui ou no exterior, deve ter um certo grau de fluência na língua inglesa para ler melhor sobre os desastres e acontecimentos ambientais. Nem tudo é traduzido corretamente quando chega às mídias nacionais.

No direito do consumidor: em uma convenção para decidir sobre um determinado tratado, o advogado deve conhecer pelo menos uma língua que seja comum entre a maioria dos países, pois, na questão de consumo, o Brasil sofre grande influência em relação aos outros países por ser um grande importador e exportador de serviços sendo, também, um consumidor no mercado internacional..

No direito esportivo: o país do futebol deve no mínimo estar antenado e atualizado sobre o que acontece mundo afora no esporte tão abrasileirado. Pega-se uma causa de um jogador brasileiro que foi prestar serviço em outro país; no mínimo, a defesa do outro país vai argumentar em inglês, cabendo a você preparar a defesa a altura na língua em comum.

Essas são algumas das vantagens para um advogado que sabe falar inglês. Mas além disso, todo nós sabemos que o inglês abre portas auxiliando no networking para que funcione como um atrativo e seja um diferencial que multiplique as oportunidades.

 

Tenha o inglês na ponta da língua

Falando em oportunidades, todos nós conhecemos o Enem e não muito diferente no exterior também há um exame para avaliar o aluno e servir de nota para ingressar na universidade, denominado SAT. O nosso curso de inglês também auxilia muito quem quer uma carreira jurídica internacional.

Deixando claro que não é adequado apenas para advogados, mas o curso também é válido para quem está ingressando na carreira em concursos para juiz, desembargador e até mesmo para os estudantes que podem conciliar o estudo das leis do direito com o inglês voltado para os profissionais da área.

Nossas aulas são online/presencial, com uma metodologia de ensino totalmente orientada aos alunos, com foco nos detalhes do inglês e nos exames internacionais. Além disso, contamos com professores altamente capacitados, nativos, que vão garantir um resultado quase que instantâneo uma melhora na sua pronúncia. Além disso, dentro do conteúdo trazemos discussões sobre casos legais para que se tenha mais interação com a jurisprudência falando inglês, é claro.

Entre em nosso site e faça uma avaliação totalmente grátis!